top of page
  • Foto do escritorsiteguimaraesfiat

Fiat Linea: detalhes e equipamentos


O segmento de sedãs médios é encarado como importante pela Fiat, assim como o é por todas as montadoras brasileiras. O segmento cresceu 30% de 2006 para 2007, e a Fiat até que demorou bastante para entrar nele.

As versões do Fiat Linea são: 1.9 16V, 1.9 16V Dualogic, Absolute e T-Jet. O modelo tem 4,56 metros de comprimento, 1,73 m de largura, 1,50 m de altura, dimensões que passam a impressão de ele ser maior do que é. O modelo usa e abusa dos cromados, detalhe que tem seus fãs e também tem seus inimigos.

No interior, temos combinações de cores diferentes para cada versão. No caso dos Fiat Linea 1.9 16V e 1.9 16V Dualogic foi escolhido o cinza, tanto nos bancos como no painel. A versão Absolute recebeu couro cinza ou bege. A cor que você escolher para os bancos existirá também no painel. E a versão T-Jet vem com acabamento em microfibra e tear bege. O painel é bicolor, com a parte de cima preta e a de baixo bege, e há vários detalhes cromados. O motorista conta com regulagem de altura do banco e também regulagens de altura e profundidade do volante. Assim que ele se sentar no banco, notará um tipo de painel de instrumentos na sua frente. Dependendo da versão do Linea, pode ser que o painel de instrumentos mude.

Para as versões 1.9 16V, 1.9 16V Dualogic e Absolute o quadro pode vir com um display de 3 linhas ou com a tecnologia dot matrix, no caso dos modelos com Blue&Me NAV. Já a versão T-Jet traz uma grafia mais esportiva e o display sempre na configuração dot matrix. O porta-malas do Fiat Linea é de 500 litros, menor do que alguns outros sedãs nacionais, mas na média do segmento.

O câmbio Dualogic é aquele que já conhecemos. O sistema é uma caixa de câmbio tradicional com um conjunto controlado por uma central eletrônica, em vez do comando manual. A central comanda as trocas de marchas e aciona a embreagem automaticamente, que são autuados através de pistões eletro-hidráulicos. A qualquer momento o motorista pode alternar o modo de trocar as marchas, trocando-as manualmente ou automaticamente. Se o Linea for equipado com câmbio Dualogic, ele também tem piloto automático. A versão T-Jet tem o piloto automático mesmo não tendo câmbio Dualogic.

O motor T-Jet 1.4 16v turbo introduz no Brasil a tendência que acontece a um bom tempo na Europa, que é de motores menores com supercharger ou turbo, alcançando mais potência e menor consumo. A máxima do Linea com esse motor é de 203 km/h, fazendo o 0-100 em 8,5 segundos. O consumo é de 12 km/l na cidade e 16 km/l na estrada.

Gostou desta matéria?! Continue nos acompanhando por aqui. Toda semana uma dica e curiosidades sobre o mundo Fiat para você. Aqui no Guimarães Fiat temos peças e acessórios seminovos para o modelo do seu Fiat.

Comments


bottom of page